dedicação pela vida

Além do cabelo

alem do cabelo 05

A garota é linda, faceira. Tem um sorriso quase permanente, mesmo depois de ver seus lindos cabelos caírem fio a fio até ficar totalmente careca. Rafaela Eduarda Nunes, 14 anos, foi diagnosticada com câncer nos ossos. A garota que é assistida da Abrace contou que perder o cabelo foi um duro golpe para a autoimagem, além de funcionar como um lembrete diário de que está em tratamento.

A perda dos cabelos é um dos efeitos da quimioterapia. Embora não seja uma situação permanente, normalmente atinge a autoestima da maioria das adolescentes. “Chorei. Achei que ficaria feia e que o cabelo me definia. Mas a minha mãe disse ‘O que você prefere? Ser uma morta com cabelo ou ficar sem cabelo, por enquanto, mas viva?’”, revela a assistida da Abrace.

Hoje, a jovem já aceitou e assumiu que ficar sem cabelos não é tão assustador, e a cada dia cria estilo para enfeitar a cabeça e dar mais charme ainda ao belo rosto. Provou a todos que é possível ser linda mesmo com câncer e que faz muita diferença enfrentar a doença de cabeça erguida (de preferência enfeitada com belos lenços e chapéus), sem perder a feminilidade, o bom humor e a vaidade.

by acls us
Abrace

Endereço:

QE 25, Área Especial I
CAVE. Guará II
Brasília - DF
CEP: 71025-015.
Abrace Saiba como chegar