dedicação pela vida

Abrace reúne escolas de Brasília para o McDia Feliz

Abrace, alunos e professores se envolvem e fazem da campanha um dia de solidariedade.

 

Em Brasília, algumas escolas já aderiram ao voluntariado junto à Abrace, especialmente durante as campanhas McDia Feliz. Neste ano, as escolas Leonardo da Vinci e Ciman conseguiram, juntas, mobilizar mais de 700 alunos para a causa do câncer infantojuvenil.

O diretor do Ciman, Leonardo Eustáquio, conta que os pilares da escola são cidadania, autonomia e o papel social e destaca que o colégio é parceiro da Abrace há 15 anos: “No início, ajudamos com a venda de 300 tíquetes antecipados de sanduíche Big Mac. No ano seguinte foram 600 e, ano após ano, esse número só tem aumentado. Em 2014, vendemos 2600 tíquetes e, neste ano, superamos esta marca. Costumamos montar tendas em toda rede Cimam para a venda desses tíquetes uma semana antes da campanha McDia Feliz”, revela. No Top 10 McDia deste ano, o Cimam ficou em 3º lugar dos 117 parceiros particpantes na venda antecipada de tíquetes. 

ciman site 2

Ele explica que o voluntariado é composto por alunos e ex-alunos e que um maior engajamento começou em 2003, quando a escola teve um aluno com câncer. “À época, ele se tornou anfitrião no restaurante McDonald’s, do Sudoeste. Após algum tempo infelizmente faleceu e, desde então, assumimos como anfitriões da loja”, diz afirmando também que “esse trabalho de voluntariado incentiva a sociedade e os alunos”.

ciman 2 site

Já a escola Leonardo da Vinci teve como precursor o diretor Gilson Melo. “Eu havia passado por uma experiência emocionante com uma ex-aluna da rede pública, chamada Janaína. Natural do Pará, a criança teve total assistência da Abrace, mas não resistiu e, após algum tempo, morreu. O carinho da Abrace por esta menina foi tão grande que, desde esse período, resolvi trabalhar como voluntário junto à instituição. Isso faz cerca de 15 anos”, observou.

Gilson Melo diz que, depois desse episódio, assumiu como diretor da escola Leonardo da Vinci que, há seis anos, é parceira da Abrace. Ele conta que atualmente são 300 alunos envolvidos. “Alguns iniciaram o voluntariado quando pequenos e até hoje estão empenhados com o trabalho”, afirma. Na campanha McDia Feliz, o diretor esclarece que divide os alunos por equipes. “Uma parte fica responsável pela gestão de pessoas, outra parte pela supervisão. Existe autonomia e eles aprendem muito com isso. Com o trabalho voluntário, os alunos saem de suas realidades e vivem outras experiências”, diz.

leonardo da vinci site

É o caso da estudante e voluntária Júlia Sena (16), coordenadora de grupo e envolvida há cinco anos com as campanhas McDia Feliz. Para ela, o voluntariado é uma vivência enriquecedora. “Este é um trabalho que me faz crescer como pessoa. Trabalhar em prol de quem precisa é maravilhoso, me torna mais humana. No McDia Feliz organizo, junto ao meu supervisor, o evento no restaurante que vou atuar mas também faço pintura de rosto e conto histórias. O que quero mesmo é ajudar e faço com muito prazer. Faz bem para o meu próximo e para mim”, conclui.

Julia site

by acls us
Abrace

Endereço:

QE 25, Área Especial I
CAVE. Guará II
Brasília - DF
CEP: 71025-015.
Abrace Saiba como chegar