dedicação pela vida

Jogadores do UniCEUB Brasília superam desafios pessoais pela Abrace

Jogadores do UniCEUB Brasília superam desafios pessoais pela Abrace 1

Fora da quadra, atrás do banco de reservas, Jefferson Campos, ala-armador do time de basquete UniCEUB Brasília, arremessou a bola com precisão. A arquibancada do ginásio da ASCEB não estava cheia como em dia de jogo. Apesar disso, os gritos da torcida formada por crianças e adolescentes assistidos pela Abrace transformaram a cesta, que não valia ponto algum, em uma grande conquista. Era a Campanha "Desafio Dourado", que reforça a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil. "Eu achei legal fazer uma coisa difícil e que não é comum em um jogo de basquete, pois o que eles vivem é bem mais difícil, principalmente para uma criança. Fiz isso para motivá-los. Se a gente acreditar, sempre consegue alcançar os nossos objetivos, independente do que seja", contou o jogador após completar o desafio.

As crianças da Abrace também entraram na quadra e arriscaram alguns lances. Para o pequeno Thárcio Raike Valverde do Nascimento, de apenas 7 anos, a altura da cesta de basquete se ficou bem menos desafiadora quando João, ala pivô do time, levantou-o próximo a tabela. "Tenho 14 anos de carreira no basquete, mas foi a primeira vez que participei de uma ação assim e deu uma injeção de ânimo. Ver que elas estão felizes e bem, apesar da situação que enfrentam, é uma motivação para a gente", revela João.

Jogadores do UniCEUB Brasília superam desafios pessoais pela Abrace 2

Nem mesmo a cadeira de rodas foi uma limitação para se divertir. A Laiane Cunha Godim, 11 anos, mostrou todo o talento esportivo dela e aprendeu com um dos jogadores a girar a bola no dedo. "Foi muito legal", disse a menina com brilho nos olhos.

Jogadores do UniCEUB Brasília superam desafios pessoais pela Abrace 3.jpg

A campanha, realizada durante o Setembro Dourado, trouxe engajamento da sociedade na luta contra o câncer infantojuvenil. Para Lucas Mariano, ala pivô do UniCEUB, participar da ação foi algo inesquecível. "Acho que isso vai ficar gravado na memória de cada um. Não é só bom para eles, pois a gente também fica muito feliz", destacou o jogador.

 

Fotos: Rosane Silva

by acls us
Abrace

Endereço:

QE 25, Área Especial I
CAVE. Guará II
Brasília - DF
CEP: 71025-015.
Abrace Saiba como chegar