dedicação pela vida

Assistidos da Abrace e seus familiares ganham um dia no campo

 

Um sábado de sol, comidinha caseira, flores do cerrado e animais por toda a volta. Longe dos centros urbanos, a garotada parecia curiosa, alegre e desbravadora em uma das comemorações do Dia das Crianças, na fazenda Sanga Puitã, no PAD-DF. O dia de campo foi realizado para mais de 150 assistidos da Abrace, entre 6 e 12 anos, e suas famílias. Não faltaram atividades de lazer.

Dia de Campo 7

As crianças faziam filas para dar uma voltinha na carretinha de um trator até o aprisco, onde ficam as ovelhas. Outra disputa foi para andar a cavalo. Já os bovinos não queriam brincadeira, mas aceitavam o carinho das mãos leves e, ao mesmo tempo, receosas dos pequenos.

Dia de Campo 1

Os mais ativos corriam por toda a região, como se expressassem ali um sentimento contagiante de liberdade. Nos lábios, um sorriso grande e verdadeiro. “Ei, menino, volta aqui”, dizia uma das assistentes sociais. E o garoto serelepe mal dava ouvidos. Ele queria mesmo era aproveitar cada minuto daquele passeio inusitado e ser feliz.

Alguns nunca haviam visitado uma fazenda ou visto animais tão de perto. “Eu segurei um filhotinho de ovelha - ele é dócil e o pelo é macio. Uma fofura só”, disse Artemis de Castro, 11 anos, diagnosticada com meduloblastoma, um tipo de câncer cerebral. Para o pai, Tiago de Castro, o passeio é fundamental na socialização das crianças. “As crianças conseguem interagir umas com as outras, porque vivem uma realidade muito parecida. De alguma forma, isto é positivo. Devido a rotina no hospital, não temos o hábito de sair, então, quando recebemos convites como este, ficamos entusiasmados, já que é um momento de distração”, destacou ele.

Dia de Campo 2

O mesmo observa a mãe da Sophia Vitória, Suellen de Freitas. “Os passeios são didáticos e as crianças aprendem com os outros colegas. Além disso, a escolha do passeio na fazenda foi ótima, pois o local passa tranquilidade e paz”. Atento à conversa, o outro filho de Suellen, Isac Freitas, 6 anos, também fez uma revelação. “Amei os cavalos e não fiquei com medo deles. Sou muito corajoso”, disse orgulhoso de si mesmo.

Dia de Campo 3

Do lado de fora do cineminha, estava Rayane Gomes, 8 anos de idade, com um vestido de princesa cor de rosa e cheio de pedrinhas reluzentes. “Está muito quente, prefiro ficar aqui, neste gramado fresquinho”, disse um pouco tímida, escondendo-se atrás da irmã mais velha, mas dando boas gargalhadas. Para a mãe, Rosilene da Conceição, a comemoração do Dia das Crianças foi maravilhosa: “Incentiva e ajuda no tratamento das crianças, é um ótimo remédio e um presente diferente”.

Dia de Campo 4

Para a presidente da Abrace, Ilda Peliz, brincadeiras e diversão fazem bem a qualquer criança. "Para as nossas crianças, em especial, o benefício é ainda maior, pois, significa esperança de vida e melhoria da autoestima”, concluiu.

Dia de Campo 5

As crianças também tiveram atendimento oftalmológico e, ao final do dia, voltaram para a Casa de Apoio satisfeitas.

Dia de Campo 6

by acls us
Abrace

Endereço:

QE 25, Área Especial I
CAVE. Guará II
Brasília - DF
CEP: 71025-015.
Abrace Saiba como chegar