dedicação pela vida

Hora de tratar os dentes com a "Liga do Sorriso"

Carreta odontológica de estudantes da Universidade Católica de Brasília estaciona na Abrace.

Rhaynara Mesquita, 14 anos, foi andando devagarzinho, subiu as escadas e sentou na cadeira:
- Está com medo?
- Não, mas estou vendo um negócio pontudo aqui (risos e gargalhadas)!
Foi assim que ela começou o tratamento nos dentes, realizado pelos estudantes de odontologia da Universidade Católica de Brasília. A turma faz parte do projeto Liga do Sorriso que agora, está literalmente estacionado na Abrace com uma carreta itinerante.

Geral carreta

“O objetivo é mudar a realidade social de determinadas comunidades. Com a carreta, ficamos num mesmo lugar pelo tempo que for necessário para fazer o tratamento dos pacientes. Na Abrace ficaremos até junho de 2018, interrompendo os atendimentos apenas no período de férias do ano letivo”, explica a professora Laís David Amaral, coordenadora do projeto.

Ilustrativa.jpg 2

A ideia é atender cerca de 200 crianças e familiares dos assistidos da instituição. As consultas são feitas com 8 alunos por dia e ocorrem toda segunda, quinta e sexta. Os estudantes se dividem em duplas para atender quatro crianças por vez. Tudo acompanhado pela professora Laís.

Raillane Mesquita, de 11 anos, é assistida da Abrace e a irmã Rhaynara foi beneficiada com o serviço. A mocinha está realizando um tratamento de restauração, já que quebrou o dente da frente, quando brincava em uma piscina. Agora, ela não vai mais ficar com a janelinha semiaberta. “Olha aí como ficou lindo o sorriso dela”, observa a mãe Raimunda da Conceição Mesquita, afirmando também: “O projeto é uma ótima oportunidade de manter a higiene da boca em dia”, conclui.

Rhaynara e mãe

pós-tratamento Rhaynara

Outro caso é o do Artur Queiroz, de 10 anos. Como o irmão Allan Mateus, de 19 anos, é assistido pela Abrace, a criança pode receber o tratamento. Durante a consulta, o Artur ganhou, do aluno de odontologia Marcos Vinícius Rodrigues (21 anos), uma aula para aprender a escovar, corretamente, os dentes. “Movimente a escova como uma bolinha. Faça para um lado, para o outro e lá atrás. Abra a boca, faça um trenzinho em cima dos dentes e vai varrendo toda a sujeirinha da língua para fora também”, ensina Marcos.

Artur e Mãe

O estudante conta que adora trabalhar com crianças: “Sou apaixonado, o sorriso delas é motivacional. Por isso, pretendo ser odontopediatra”. A outra estudante Karina Rodrigues, 21 anos, quer se especializar em estomatologia: “É a área que faz diagnósticos, entre eles, o de câncer de boca”, destaca.

Enquanto quatro crianças faziam o tratamento na carreta, já tinham outras três esperando na fila para serem atendidas: Amanda (7 anos), Rebeka (9 anos) e Julya (11 anos). Todas, filhas da Roberta da Silva, mãe do Maycon Santos, de 15 anos, assistido da Abrace. O Maycon, como todos os assistidos, faz tratamento no Hospital da Criança de Brasília José de Alencar – HCB, e, portanto, a família conta com a assistência da Abrace, reforçada, este ano, pela Liga do Sorriso. “É muito importante este acompanhamento, especialmente porque um tratamento nos dentes, fora da Abrace, costuma ser muito caro”, revela Roberta.

carreta 2

A presidente da Abrace Ilda Peliz, esclarece que a família dos assistidos também precisa de saúde bucal. “Geralmente, as mães e os irmãos têm um contato mais próximo com o assistido. Ao assoprar o alimento da criança, por exemplo, o alimento pode ser contaminado com as bactérias da boca. Por isso a importância de toda a família se cuidar. Como a Abrace só tem um consultório, a carreta reforça esse atendimento e permiti que atendamos muito mais pessoas”.

by acls us
Abrace

Endereço:

QE 25, Área Especial I
CAVE. Guará II
Brasília - DF
CEP: 71025-015.
Abrace Saiba como chegar