dedicação pela vida

Reino encantado de Melissa

História transformadora de ex-assistida da Abrace é transformada em livro para ajudar outras crianças a superar momento difícil

A ex-assistida Melissa Mendes, 8 anos, veio a Abrace doar o livro inspirado em sua história “O reino encantado das princesas carecas”. Escolheu a véspera do feriado para realizar a ação com a ajuda da sua mãe, Viviane Mendes. Orgulhosa de ter algo dedicado a ela, Mel, como é carinhosamente chamada, tem uma história de superação que quer contar a todos. Em abril de 2015, com quatro anos, teve leucemia e foi isso que motivou a escrita do livro.

“Eu quero passar essa história para outras pessoas para que elas se sintam à vontade com a queda do cabelo. Quando eu recebi o livro, eu me senti feliz porque descobri: não sou só eu que sou careca. São várias outras pessoas também”, diz a menina hoje com oito anos.  

A mãe, Viviane Mendes, conta que a obra foi escrita pela amiga Nalu Nayara, que conhece Mel desde o seu nascimento. “A Mel e a Nalu sempre foram muito próximas, muito amigas. Quando nós descobrimos que minha filha tinha leucemia, ela deu um apoio muito grande”, conta a mãe.

Viviane lembra que a amiga Nalu raspou o cabelo antes mesmo dos fios de Melissa caírem. Fez isso para mostrar que as madeixas não eram tão importantes. Viviane e a avó, Alzira Mendes, foram as próximas a rasparem a cabeça, para aumentar o suporte à menina. A ideia do livro surgiu logo em seguida. Nalu escreveu em um fim de semana a história e contou com a ajuda da mãe para fazer a revisão ortográfica. Como Melissa gosta muito de ler, o presente ajudou a pequena a enfrentar o momento difícil.  

A narrativa mostra a vida de Esmeralda. Uma jovem princesa que finalmente atinge idade suficiente para usar a sua coroa e participar do baile das princesas, mas se sente triste por causa da falta dos cabelos. A moral da história é uma linda proposta de voltar o olhar para o que realmente importa: a beleza interior.  

Agora, o objetivo é continuar a corrente de ajuda fazendo com que o livro chegue a outras crianças que estão passando pelo mesmo problema. “O tratamento da doença é longo e desgastante, é natural o abatimento físico, mental e psicológico. Se é estimulado a manter o espírito de luta e coragem contra o abatimento poderá ter como resultado a superação”, afirma a presidente da Abrace, Maria Angela Marini, que incentiva a ideia da ex-assistida.

Viviane pediu apoio à ONG, que ofereceu assistência à menina em todo o seu tratamento e ajudou a transformar a história das princesas em livro. Os exemplares serão distribuídos para crianças e adolescentes assistidos pela instituição.

by acls us
Abrace

Endereço:

QE 25, Área Especial I
CAVE. Guará II
Brasília - DF
CEP: 71025-015.
Abrace Saiba como chegar