Corrida pelo bem: Livro conta a trajetória de Felipe Teixeira, criador do projeto “Eu corro! Você ajuda!”

Livro conta a história do projeto que ao longo de três anos beneficiou a Abrace, promovendo a saúde e a solidariedade
Publicado dia 24/09/2020 às 14h20min

Mais de três mil quilômetros constroem a história do projeto “Eu corro! Você ajuda!”. Em 2016 Felipe Teixeira Ribeiro idealizou o projeto após perder um tio para o câncer. Este ano, três anos e três edições depois, ele decidiu celebrar a iniciativa e lançar um livro contando mais sobre a união entre a paixão pela corrida e a solidariedade.  

“A ideia de lançar o livro foi para que as pessoas, inclusive de outros estados, pudessem conhecer o projeto, e quem sabe inspirar a mesma atitude de ajudar o próximo. Foi bom relembrar os momentos e a experiência que vivi em cada edição e poder guardar de alguma forma, não só na memória, mas para os meus filhos e netos”, detalha o autor de “EU CORRO! VOCÊ AJUDA! - Superação e Solidariedade”.

Para o atleta, a motivação para o projeto foi pessoal e ganhou novos significados ao ajudar crianças enfrentando a doença que levou dois entes queridos. Ele lembra ainda que o projeto trouxe maior comprometimento e motivação para os treinos, o que também beneficiou sua saúde. 

“Quando eu criei o projeto tinha acabado de perder um tio, irmão da minha mãe que me acolheu quando mudei para Brasília, e no decorrer do projeto perdi um outro tio, irmão do meu pai. Os dois foram vítimas de câncer. Então, eu queria unir a minha paixão pela corrida com o objetivo de ajudar as pessoas que necessitavam. E ajudar crianças foi mais significativo ainda porque tenho dois filhos. Então foi muito gratificante ter a Abrace como parceira no projeto”, explica.

Rejane Gomes Ferreira, servidora pública, participou na primeira e na última edição e já garantiu seu livro. Corredora desde 2001, ela começou seguindo os passos do pai, que adquiriu um câncer no pulmão há mais de 10 anos e atualmente, mesmo com 76 anos, corre cerca de 70 km por semana. "Infelizmente, tenho um erro grave de não ter habito da leitura. Posso contar nos dedos os livros que me chamaram atenção a ponto de terminá-los. Mas o livro me fascinou de um tanto que o ‘devorei’ em 3 manhãs. Que delicia de livro, que escrita fácil de assimilar, de se encantar. Conheço todos os personagens do livro, meus amigos corredores. Então, vibrei junto, sofri junto, torci demais", conta Rejane.

Histórico

Na primeira edição do projeto em 2017, Felipe correu 100 km na prova “Volta ao Lago Caixa” e arrecadou quase 10 mil reais. No ano seguinte, com incentivo de apoiadores e amigos, ele se propôs a correr 3.650 km em 365 dias, uma média de 10 km diários, e arrecadou quase 13 mil reais. Já na terceira e última edição, realizada em 2019, ele focou em uma única prova de 235 quilômetros, a UAI – Ultra dos Anjos Internacional, realizada no sul de Minas Gerais. Desta vez ele não conseguiu concluir o desafio, mas o resultado foi além do esperado, com cerca de 260 cestas de alimentos (mais de uma por km percorrido).

Com essas três edições, em formatos diferentes, o projeto proporcionou a doação de mais de 22 mil reais e cestas básicas integralmente direcionadas para a Abrace. Nesse percurso, Felipe correu mais de 3 mil quilômetros para divulgar e incentivar o apoio de outros corredores. 

A presidente da Abrace, Maria Angela Marini, celebra a história de vida do corredor, que realizou mudanças em sua vida e beneficiou a instituição de diversas formas, estimulando um estilo de vida mais saudável. Ela lembra que a mensagem do livro e do projeto são similares, levando à reflexão sobre generosidade, solidariedade e amor ao próximo.

“Esse é um lindo Projeto criado por iniciativa do atleta ultramaratonista, Felipe Teixeira. Ele demonstrou ser um exemplo de superação pessoal, com olhar social e solidário, sensível à causa do câncer infantojuvenil. Essa é uma bela ação de valorização da vida, tal qual a Abrace tem como meta em sua missão de assistência às crianças e adolescentes em tratamento de Câncer e hemopatias e suas famílias durante esses longos 34 anos de atividades”, complementa a presidente da Abrace.

Novo caminho

A expectativa é que o projeto siga nessa corrente do bem, segundo Felipe Teixeira. “Hoje não estou podendo correr porque estou com problema no pé e terei que operar. Mas diariamente penso na próxima proeza do projeto quando puder correr novamente. Apesar do projeto ter tomado um outro rumo, onde cada um faz a sua história, traça seus objetivos para participar, a corrida e o projeto para mim nunca mais serão desvinculados. Nunca mais vou conseguir separar uma coisa da outra”, acrescenta o criador do projeto.

A partir de 2020, o projeto constrói um novo caminho, e cada um pode fazer parte do projeto, correndo, ajudando e traçando sua história de superação. A proposta agora é que os participantes troquem os km percorridos por pontos, revertendo o valor de adesão ao aplicativo utilizado para a Abrace, transformando os pontos em descontos e itens que retornam para o próprio corredor.

Para fazer parte do projeto e transformar seus quilômetros percorridos em solidariedade, acesse a página https://clube.eucorrovoceajuda.com.br/. O livro pode ser adquirido no site do projeto: http://www.eucorrovoceajuda.com.br/ ou na página da Amazon: https://amzn.to/2Hl3Til


Acompanhe a Abrace.

Não perca nossos eventos, materiais educativos e informações sobre a luta contra o câncer infantojuvenil. Inscreva-se para receber por e-mail.