Mensageiros da Abrace participam de curso com bombeiros

Motociclistas aprendem direção defensiva e prevenção de acidentes.
Publicado dia 31/10/2017 às 16h00min

Na Abrace os cuidados vão além do assistido. E por isso, com o apoio do Corpo de Bombeiros, 11 motociclistas que ajudam a fazer entregas e a receber doações passaram, nesta terça (31/10), pelo curso de Primeiros Socorros e Prevenção de Acidentes, mais conhecido como “treinamento para a vida”.

O objetivo é reforçar conceitos de segurança que se perdem com o tempo. Neste curso básico, o foco é a direção defensiva, os primeiros socorros e as aulas práticas. “A gente reaprende, por exemplo, a fazer uma curva, que deve ser mais fechada. Eu não sabia que ao realizar uma curva, ela precisa começar aberta”, conta Josias de Sousa, de 40 anos, mensageiro da Abrace.

A orientação foi dada pelo sargento Paulo Souza. “O condutor tem que entrar na curva por fora. Se começar a curva fechada, a tendência da moto é leva-lo para fora da pista ou para a contramão, o que é pior”.

E o uso do freio foi polêmico. “Antes de tudo, nada de freio a tambor, o mais seguro é o freio a disco. E na hora de frear, deve-se usar os dois freios para dar mais estabilidade à moto. Não é aconselhável usar somente o freio traseiro”, ensina o sargento Paulo Souza. Para o mensageiro Maurício Oliveira de Sousa, de 40 anos, a recomendação sobre os freios conjugados foi esclarecedora.