Abrace

Prestação de Contas & Transparência

ABRACE – Instituição filantrópica, declarada de Utilidade Pública Federal, pelo Decreto de 04/07/91 e Utilidade Pública no Distrito Federal pelo Decreto nº 20.066 de 04.03.99.Conheça nosso estatuto social.

A Abrace funciona através de doações da comunidade. São empresas parceiras, pessoas físicas e jurídicas e apoiadores que, solidariamente, garantem a continuidade do nosso trabalho.

Valorizamos a transparência com nossos doadores, beneficiados e o público e, por isso, a Abrace é auditada anualmente por auditoria independente, além de prestar contas para o Ministério Público do DFT.

Porque confiar na Abrace?

4.843

Pessoas apoiadas em 2021

7.283

Atendimentos em 2021

385

Voluntários

Para onde vai o seu dinheiro?

Graças a você, a Abrace pode disponibilizar às crianças e suas famílias benefícios como, alimentação, medicamentos, transporte urbano e interestadual, assistência odontológica e palestras sobre a doença, além de diversos programas que contribuem para a recuperação da saúde dos pacientes:

Após encaminhamento da rede pública de saúde do DF, o paciente é atendido por uma equipe técnica da Abrace para análise sócio econômica da família e identificação das necessidades psicossociais e informações sobre a doença.

Reuniões mensais que orientam paciente e família sobre o diagnóstico e prognóstico, com informações que proporcionam melhor qualidade de vida e desenvolvimento social.

Reformas em residências que apresentam condições precárias de moradia, de saneamento básico e riscos para a saúde das crianças assistidas. O Programa tem por objetivo contribuir para a qualidade de vida do assistido oferecendo um ambiente saudável que colabore no processo de tratamento e expectativa de vida.

Acompanhamento intensivo do paciente fora de possibilidade de cura terapêutica e apoio à sua família, oferecendo os recursos necessários para proporcionar qualidade de vida e preparação para enfrentamento do processo de morte. O programa ainda realiza sonhos dos pacientes.

* Willian é o nome do primeiro paciente que recebeu essa modalidade diferenciada de atendimento após o prognóstico como fora de possibilidade de cura terapêutica.

Porque confiar na Abrace?

Seja um Voluntário